quarta-feira, 12 de abril de 2017

Non, je ne regrette rien


Sim, exatamente 2 anos da última postagem desse blog estou retomando - pq me faz bem escrever desde sempre.
Tantas coisas mudaram, principalmente eu. 
Talvez quem tenha me conhecido em 2015 não me conheça mais agora.
Hoje é minha última noite em Dourados, cidade onde fiquei 1 ano e alguns meses, sofrendo e louqueando essa vida. Caindo e aprendendo pq né, no fim das contas a gente leva o aprendizado.
Fiz muitos amigos, conheci lugares ótimos, voltei a dirigir (depois de uma fobia de 10 anos), mudei muitos hábitos de vida (não pra melhor, infelizmente) hahah 
Mas, "non, je ne regrette rien" - ("não me arrependo de nada" em francês) kkk Posso dizer que tentei, e como tentei, cheguei no limite, emocional, psicológico, financeiro e etc. 
Se pudesse escolher novamente essa experiencia, não escolheria ficar longe dos amigos e da cidade que sinto tanto pertencimento (cg), mas olha... talvez não estivesse me sentindo tão capaz, com a cabeça que estou agora e tão certa de mim, das minhas escolhas e até dos meus erros, como estou nesse momento. Acreditei numa ideia e fiz de tudo para conseguir, se não tivesse ido poderia ser aquele arrependimento do fim da vida - "pq não tentei aquilo". 
Enfim, não existe "e se" nessa vida, apenas os caminhos que trilhamos, se chorei e me fudi, o importante é que to aqui de pé firme e mais forte que antes. Back to Campo Grande, como diria o amado Roca -e tome polka - e vamos pra próxima.

Um comentário:

Camila Dias disse...

É esse o espírito da coisa Danizita. Honesta e bacana a sua perspectiva dessa experiência. Amo a ideia de que agora você está em CG pra nos fudermos juntas, kkkk... te aguardava ansiosamente pra isso, kkk... viva Rocaaa, muso forever!! Te amo, e eu também não me arrependo de nada.